Pokémon GO, Alpha GO e E-Sports na TV – Savepoint Podcast #052

Estamos de volta armados de nossos celulares e pokebolas, prontos para discutir Pokemon GO (mesmo que não tenham lançado no Brasil), AlphaGO (mesmo que você não saiba o que é) e E-Sports na TV (mesmo que você não assista).

João Vicente (@joaovicentec), Raulzito (@Raulzito2112) e Kétlin (@realKetlin) reunem-se para discutir os assuntos mais recentes, neste novo formato do nosso Pocket.

Duração: 1h17min.

Leitura de emails: volta no próximo episódio!

Clique no player ao fim deste post, ou baixe para ouvir!

LINKS DO POST:

[VIDEO] Alpha GO e o Google DeepMind

[VIDEO] Street Fighter V na ESPN

Continue lendo “Pokémon GO, Alpha GO e E-Sports na TV – Savepoint Podcast #052”

INSIDE – ANÁLISE

Escrever sobre e Inside sem falar muito de Limbo (2010) é impossível: o novo jogo da Playdead é o fruto de tudo que Arnt Jensen e sua equipe desenvolveram em um dos indies mais elogiados até hoje – do começo ao fim. Mas com certeza, Inside consegue ser mais do que um “Limbo 2.0”, pois tem sua prórpia identidade, suas próprias idéias, e felizmente continua a ser um produto muito pessoal da mente de Jensen.

Inside é um jogo minimalista, com trilhas sonora “acusmática”, e gráficos que destacam a física detalhada que o jogo utiliza para a movimentação do garoto e sua interação com o ambiente. Assim como no seu antecessor espiritual, temos um jogo de plataforma, como elementos de puzzle (leves, eu diria) onde é muito importante que os controles e movimentação do protagonista sejam fiéis, até prazerosos; afinal você passa 100% do tempo com o garoto na tela, controlando-o. Este aprimoramento técnico é fruto direto da produção de Limbo, onde um programador trabalhou exclusicamente nas mecânicas de controle do garoto-sem-nome (durante 3 anos, apenas nisto!).

Continue lendo “INSIDE – ANÁLISE”