FORZA MOTORSPORT 6 – ANÁLISE

outubro 3, 2015
Categoria: Análise, Primeiras Impressões
3 23123 6
FORZA MOTORSPORT 6 – ANÁLISE

– Por Kétlin

Você gosta de velocidade e desafios? Então se prepare para o melhor simulador de corrida do ano: Forza Motorsport 6!

O jogo traz 26 pistas incríveis, incluindo todas as do seu antecessor (Bernese Alps; Circuit de Catalunya; Circuit de Spa-Francorchamps; Indianapolis Motor Speedway – completamente remodelada após alterações ocorridas em 2014; Le Mans Circuit de la Sarthe; Long Beack, Mazda Raceway Laguna Seca– odeio essa pista; Mount Panorama Motor Racing Circuit – Bathurst – odeio essa também; Nurburgring; Circuit de Prague – amo; Road America; Road Atlanta; Sebring International Raceway; Silvesrtone Race Circuit; Test Track Airfield; Top Gear e Yas Marina Circuit) e novidades, como as pistas do Rio de Janeiro, Daytona, Watkins Glen, e Brands Hatch.

Forza6-Rio-de-Janeiro

Pista Rio de Janeiro

A pista “Rio de Janeiro” merece um parágrafo à parte, porque tentou criar um compilado da realidade carioca que não corresponde – necessariamente – à ordem real das coisas (ex: localização e proximidade irreal do Corcovado e alteração na seqüência dos bairros). Mas isso não é de todo mal, pois, ao que parece, a Turn 10 buscou uma visão “panorâmica” da cidade maravilhosa e até que foi bem sucedida nesse objetivo.

No mais, o aspecto das ruas representa muito bem a realidade brasileira e o trecho que contorna a orla marítima ficou bonito e diferenciado, principalmente quando se observa a existência de um aeroporto nas proximidades (há representação de tráfego aéreo).

Vale ressaltar que a pista brasileira não é a única merecedora elogios, pois o jogo apresenta outros belos trajetos e tudo mesclado com efeitos de luz e textura consideravelmente superiores  aos do Forza Motorsport 5.

maxresdefault

Stig

Forza Motorsport 6 também conta com o regresso do primo digital do misterioso piloto do programa de TV britânico Top Gear, o Stig. Se você for um piloto decente, certamente o derrotará.

Quanto aos aspectos gerais, o game é divido em capítulos e possui aproximadamente 70 horas de duração e 26 variações de clima (é o que dizem por aí). Por enquanto, tenho apenas 15 horas de jogatina e ainda não presenciei todas essas alterações climáticas (eu acho), mas aquelas até então vivenciadas se mostraram desafiadoras, tornando as corridas mais interessantes que as do seu antecessor.

Quem jogou Forza Motorspot 5 lembra muito bem  das enjoativas  poucas pistas e do clima sempre ensolarado, o que reduzia consideravelmente a emoção do jogador, afinal, há de se convir que nada melhor do que o stress gerado por uma aquaplanagem para dar aquela animada no seu dia!

Também tive a impressão que a progressão do jogo foi melhor conduzida, porque conforme o bom desempenho do jogador (figurar entre 3 primeiros colocados), um novo capítulo do modo história é disponibilizado, o que reduziu drasticamente uma certa ansiedade gerada em mim pelo game anterior, principalmente quando eu era defrontada por infindáveis opções que pareciam me levar a lugar nenhum.

Agora, se tem uma coisa que merece destaque são corridas em pista molhada. O jogo promete e executa, com evidente perfeição, uma interação diferenciada entre as superfícies das pistas, seus arredores e a água, ou seja, o carro vai reagir de forma diversa quando em contato com diferentes áreas molhadas (grama, areia, asfalto etc) , gerando reações extremamente fiéis à realidade.

forza6-5

Chuva, água e poças!!!

E o número de carros, assim como o número de Pokemons, só tende a crescer: São mais de 450 carros, com 100 novidades. A lista completa dos veículos até então divulgados pode ser encontrada aqui e caso o modo carreira, também conhecido como modo história, não seja suficiente para suprir a sua necessidade por velocidade, o jogo também conta com os “eventos de exibição” (váaaaarios), desbloqueados conforme os avanços do jogador.

Que é visual visual é lindo, você já sabe, e também é importante destacar que o som dos pneus e motores ficou impecável. Mas, como nem tudo são flores, não houve uma boa conexão entre o game e a sua  trilha sonora, que tenta soar clássica e acaba dando uma pegada muito séria à competição. Em determinados momentos, a música gera uma tensão desnecessária e remete a um possível acontecimento grave (uma derrota???). Às vezes, parece que estou correndo num filme do Hitchcock. Seria bacana se o game abrisse a opção para o jogador colocar a sua própria trilha ou seguisse o mesmo padrão de rádios do Horizon 2.

No mais, se você tem espírito competitivo, Forza Motorsport 6 se revelará ideal, porque interação com os adversários é garantida através do sistema drivatar (semelhante ao Motorsport 5) e apresenta um bom modo de competição off-line, já  que substitui a inteligência artificial dos corredores pelas habilidades de outros players, sempre respeitando o nível escolhido pelo jogador e com a possibilidade de você disputar melhores colocações contra o seu rival, gerando ganhos no placar de líderes. Obs: O modo online eu achei horrível, mas tentarei testá-lo novamente e depois posto minhas impressões finais.

Trailer:

Vale lembrar, também, que em junho saiu um boato em que diretor criativo da Turn 10 teria revelado a possibilidade de customização do piloto, inclusive com a opção de troca de gênero masculino/feminino. Infelizmente o referido boato não se concretizou, mas que a idéia era boa, ela era! Tomara que nas próximas versões essa novidade seja introduzida.

Por fim, se Forza 5 te decepcionou, garanto que mesmo não ocorrerá com o 6, pois ele possui um número maior de pistas/mudanças de clima e o mix destas pistas com os eventos temporais garante uma excelente variação de possibilidades e desafios.

 E você? Conte-nos a sua impressão sobre Forza Motorsport 6!.

João Vicente

Outros posts do autor

3 comentrios

  1. Leonardo Ocaña
    Reply

    Excelente review, Kétlin! De um Racer para outro, acho que conseguiste esclarecer bem pra quem está no muro sobre investir nessa nova versão ou não. Ainda não pude jogar esse aí (qualquer hora os visito) mas realmente ele parece incrível, os efeitos climáticos em particular. E a seleção de pistas está de fato excelente!

    1. 011joao
      Reply

      Ocaña, apesar de unão ter jogado qse nada de carro recentemente, achei o Forza excelente. Fica o convite pra ir lá em casa jogar, e se pá já gravamos um vídeo maroto 😉
      Abç!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *