SAVEPOINT PODCAST #035 – SEXISMO NOS VIDEOGAMES

outubro 23, 2014
Categoria: Podcast
7 13255 0
SAVEPOINT PODCAST #035 – SEXISMO NOS VIDEOGAMES
Bem vindos ao Savepoint Podcast #035, que chega para discutir o sexismo nos videogames. Jogos são para meninos, ou meninas? Como as mulheres são representadas nos jogos? E como todos podem fazer para criar um ambiente amigável, entre homens e mulheres, heróis e heroínas?
Com a participação especial das jogadoras Fernanda Cizeski e Kétlin Ristau (@realKetlin), João Vicente (@joaovicentec) e Raulzito (@raulzito2112) vão receber suas cônjugues para conversar sobre este tema importante e atual. 


  Lembrem-se de comentar aqui na postagem, e acompanhar o Savepoint nas redes sociais: 
  Twitter: @savepointcast
 
  E também temos o bom e velho email: contato@savepointcast.com
 
 Comentados no episódio:
Conheça a HQ Terra Incognita do nosso podcaster Raulzito!
 
 
                           
               Lembre-se de conferir as super camisetas masculinas e femininas da Cheat Code!
 Edição: Aloysio Ventura
 Arte das capas: Raul Alves
Reproduzir

7 comentrios

  1. VM
    Reply

    De coração, achei meio chato esse episódio, ainda mais com essas feminazis vendo machismo em tudo, concordo que a sociedade é machista/patriarcal mas menos né, galera? Bem menos.Abraços a todos, e que bom que voltaramVictor Moura@honestovictor

    1. Raulzito2112
      Reply

      Acho uma pena que tenhas achado o episódio chato, Victor, mas é um tema meio denso mesmo. Tentamos levar da forma mais leve possível, mas não dá pra agradar a todos.
      Quanto a opinião de nossas convidadas, elas apenas apontam muitos indícios de um pensamento machista ainda muito presente em nossa cultura. Como você mesmo disse, isso ainda faz parte da sociedade, e a ideia do episódio era justamente refletir a respeito disso.

      De qualquer forma, obrigado pelo feedback. Espero que gostes mais dos próximos episódios. =)

  2. Kiliano
    Reply

    Achei um excelente podcast, com ideias bastante inteligentes e boas opiniões. Não achei um podcast nem um pouco chato, muito pelo contrário, gostei bastante do tamanho e ritmo do mesmo. Não vi nenhuma “feminazi” no podcast, inclusive, gostei das críticas apresentadas mais ao fim do podcast.As opiniões femininas fizeram muita diferença nesse podcast, principalmente para destacar algumas detalhes sobre visão sexualizada nos games. Eu já cansei de ouvir “não existe machismo em jogo! olha só! tem homem sem camisa também”, sendo que na verdade o contexto é o que mais importa. Fico triste em ver que algumas coisas ainda estão enraizadas na nossa cultura e demoram muito para poder ter uma visão mais madura sobre isso. Acho um absurdo ainda existir racismo, machismo e outros ismos, que normalmente vem acompanhados de um “eu não sou machista mas….” ou “eu tenho amigos negros mas….”.No mais, a sociedade está amadurecendo pra algo melhor, só precisamos de mais tempo e muito trabalho social. Continuem com o excelente trabalho, foi um dos melhores podcast sobre esse tema que já ouvi.

    1. João Vicente
      Reply

      Valeu Kiliano, muito obrigado pela contribuição! Ficamos muito contentes que você tenha gostado do cast, foi um tema que escolhemos com cuidado especial, e acabou saindo no momento em que a indústria dos jogos passa por alguns escândalos que trazem o assunto à tona.
      Grande abraço!

    2. Raulzito2112
      Reply

      Valeu pelo feedback, Kiliano. Esse foi um dos temas que mais gostei de gravar, e fico muito feliz que tenhas curtido, cara. =)

      Concordo contigo, ainda existe muito preconceito rolando por aí, mas também acho que, como sociedade, estamos superando um pouquinho disso a cada dia.

      Abraço.

  3. Gabriel Scheffer
    Reply

    Não quero comentar, mas só vou dizer que as gurias do episódio são as gurias que foram perdidas e desvalorizadas na sociedade, criei e tenho muito orgulho da minha irma gamer que curte AC, Skyrim, Fallout , Rpg, animes, rock n roll, séries da DC, apesar que ela gosta do Dante do DMC3 mas neh…
    Continuem nesse caminho gurias.

    Não se nota msm quando o protagonista tem ou não camisa, exceto as scars do naked snake no MGS

    E não citaram Gamergate?

  4. 011joao
    Reply

    E aí Gabriel!! Cara, eu não lembro se quando a gente gravou já havia acontecido o Gamergate, mas tenho quase certeza que não. É que o cast demorou bastante pra sair depois que foi gravado.
    Vlw pelo comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *